‘Este Sindicato é de luta, de classe e propositivo’

Cerca de 200 pessoas acompanham, nesta noite, evento que marca os 60 anos de história do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal)
Quinta-feira, 24 de Abril de 2014 - Última alteração em 24/04/2014 às 00:00
fonte:  Imprensa SMetal
Daniela Gáspari
Durante a inauguração do busto, o filho Francis e a esposa do líder sindical, Lucília, discursaram em homenagem ao ex-presidente do Sindicato
Durante a inauguração do busto, o filho Francis e a esposa do líder sindical, Lucília, discursaram em homenagem ao ex-presidente do Sindicato
Ampliar
Durante a inauguração do busto, o filho Francis e a esposa do líder sindical, Lucília, discursaram em homenagem ao ex-presidente do Sindicato
Durante a inauguração do busto, o filho Francis e a esposa do líder sindical, Lucília, discursaram em homenagem ao ex-presidente do Sindicato

A inauguração do busto do líder sindical Wilson Fernando da Silva, Bolinha, em frente à sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, deu início às atividades, desta noite de quinta-feira, dia 24,  que marcam os 60 anos de existência da entidade.

Durante a inauguração, o presidente do Sindicato, Ademilson Terto da Silva, ressaltou o protagonismo da categoria metalúrgica, que desde 1983, na gestão do Bolinha, segue, com o Sindicato, no mesmo posicionamento de "luta, de classe e sendo propositivo".

Por sua vez, a esposa de Bolinha, Lucília, agradeceu as homenagens e destacou que o Sindicato sempre teve um imenso carinho ao tratar do companheiro, "não apenas depois da morte dele, mas ainda em vida".

Dando prosseguimento ao evento, o livro "Companheiros: A hora e a vez dos metalúrgicos de Sorocaba", de Carlos Araújo, está sendo relançado, com mesa de debates composta pelo autor, por Laelso Rodrigues, da FUA, que na década de 80 fazia parte da diretoria do Ciesp Sorocaba, pelo ex-presidente do Sindicato, Carlos Roberto de Gáspari e pelo ex-líder sindical e deputado Hamilton Pereira.

Para finalizar o evento comemorativo entrará no palco a Banda do Livro, por volta das 22h, com os músicos Marcos Boi, Maurício Toco, João Leopoldo, Álvaro Ramos, Paulo Rogério de Andrade e a cantora Márcia Mah. O set list inclui canções de protestos das décadas de 70 e 80, clássicos da MPB, além de rock nacional.

O evento conta com a presença de autoridades e sindicalistas de Sorocaba e região. Entre eles, a prefeita de Araçoiaba da Serra, Mara Melo (PT), do presidente do Conselho da Fundação Ubaldino do Amaral, Laelso Rodrigues, do deputado estadual Hamilton Pereira e da deputada federal Iara Bernardi.

O deputado federal Vicentinho, líder da bancada do partido na Câmara dos Deputados, também marca presença na atividade.

 

Comentários

Voltar